Corpo de Bombeiros Militar em Coxim, promove instrução de campo para as crianças do Projeto Social Bombeiros do Amanhã

Coxim (MS) – O 5º Subgrupamento de Bombeiros Militar Independente (5º SGBM/Ind), realizou no último final de semana (11 e 12), um acampamento com as crianças do Projeto Social Bombeiros do Amanhã, para encerrar as atividades do ano letivo de 2017.

O Projeto Social Bombeiros do Amanhã, iniciou no ano de 2014 no Município, tendo como idealizador e precursor o então Comandante do 5º SGBM/Ind de Coxim, Maj Wagner Dupin, passando a contar com a parceria, posteriormente, do Grupo de Apoio à Adoção Manjedoura (GAAM), e do Conselho de Segurança (CONSEG). O Projeto atende crianças e adolescentes de 10 à 16 anos da Sociedade Coxinense, as quais recebem ensinamentos nas áreas de civismo, cidadania, disciplina, primeiros socorros, combate a incêndio, prevenção de acidentes, artes marciais, reforço escolar dentre outras atividades esportivas e de formação humana, formando ao longo desses quatro anos, aproximadamente 90 crianças, tendo como instrutor responsável o Cabo BM Valdemar Rodrigues da Silva Neto.

Neste ano, o projeto funcionou com 30 crianças, com encontros semanais às segundas e terças-feiras, no Quartel do 5º SGBM/Ind e na Sede do GAAM, sendo que neste final de semana essas crianças puderam colocar em prática todos os ensinamentos obtidos durante o ano, o acampamento foi realizado no Morro do Cristo na zona suburbana de Coxim, com início às 06h30min do sábado, na Praça Central da Igreja Matriz de São José, onde as crianças receberam as bênçãos do Bispo da Diocese de Coxim, posteriormente realizaram o deslocamento a pé (caminhada), por aproximadamente 3 km até o acampamento base, as atividades foram desenvolvidas durante todo o dia, terminando no domingo ao 12h30mim com uma recepção calorosa proporcionada pelos pais e familiares, no pátio do Quartel do 5º SGBM/Ind.

O Subcomandante da Unidade, 2º Ten Rodrigo Alves Bueno (coordenador geral do projeto no ano de 2017), em seu discurso emocionado, ao final disse: “Reconheço a importância do projeto e entendo que é preciso dar mais visibilidade, pois, é necessário que essas crianças agreguem valores morais, cívicos, entusiasmo e conhecimento técnico, para trilharem os melhores caminhos possíveis da vida”.