Serviço de Motossocorrismo do Corpo de Bombeiros Militar da capital realiza escolta de órgão para transplante

Campo Grande (MS) – Nesta terça-feira (12), o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul (CBMMS), por intermédio do Comando Metropolitano de Bombeiros (CMB), realizou a escolta de um coração doado para transplante, da Santa Casa até o Aeroporto Internacional de Campo Grande.

A escolta realizada pelos motociclistas batedores do CBMMS é de extrema importância, tendo em vista que, conforme protocolo, o coração precisa ser transplantado para o paciente receptor em até no máximo quatro horas.

O trabalho dos batedores consiste em controlar e fazer com que o trânsito flua de forma mais ágil, permitindo que a equipe médica chegue, com segurança, o mais rápido possível ao aeroporto, de onde segue até seu destino final.

O coração escoltado pelos bombeiros militares, no dia de hoje, foi encaminhado para cidade de São Paulo, onde garantirá uma melhor qualidade de vida a um paciente de 56 anos que esperava pelo órgão por muito tempo.

Organização de Procura de Órgãos (OPO)

A Organização de Procura de Órgãos (OPO) da Santa Casa de Campo Grande é responsável pelo acolhimento e entrevista com familiares dos potenciais doadores e acompanha a captação de órgãos em todo Estado.

Conforme a assessoria de comunicação do Hospital esta é a 17ª captação realizada em 2018, sendo que além do coração levado para São Paulo, foram captados fígado, rins, pâncreas e córneas que poderão beneficiar até sete pessoas que esperam por transplante. (fonte: assessoria de comunicação da Santa Casa)