3° GBM garante a segurança do carnaval de Corumbá e Ladário

Categoria: Geral | Publicado: sábado, março 4, 2017 as 16:31 | Voltar

Considerado por muitos  o melhor carnaval da região Centro Oeste, o município de Corumbá  tornou-se mais uma vez referência cultural entre os dias 22 de fevereiro a 1º de março e recepcionou aproximadamente  30 mil foliões diariamente durante os eventos do Carnaval 2017 ( conforme dados da Polícia Militar) e para salvaguardar o carnaval do município, o 3° Grupamento de Bombeiros Militar realizou um forte esquema de segurança onde foi possível garantir a tranquilidade dos foliões nas cidades geminadas de Corumbá e Ladário.

Os trabalhos preventivos iniciaram antes do evento, onde a SAT (Seção de Atividades Técnicas) do 3°GBM realizou vistorias em palcos, arquibancadas, camarotes e outras estruturas montadas nas imediações, bem como, houve um trabalho preventivo realizado pela SAT, no que tange a utilização de trios elétricos, situação atípica dentro das NT’s (Norma Técnica) da Lei de Incêndio e Pânico de MS. Nas vistorias aos trios elétricos utilizados pelos blocos carnavalescos, foram avaliados itens como lotação máxima, a instalação de extintores, guarda corpos e outros pontos de relevância para a segurança contra incêndio e pânico dos usuários. Durante o evento uma guarnição da SAT permaneceu de sobreaviso, para atender às possíveis demandas emergenciais.

Para suprir a alta demanda de efetivo operacional que, comumente, ocorre durante o carnaval nos municípios, as guarnições foram reforçadas com militares do setor administrativo da unidade, com isso foram empenhados mais de cem militares em escalas extraordinárias, uma média de 20 militares por dia, divididos em 6 viaturas, compondo o trem de socorro de prontidão, atuando do dia 24 a 28 de fevereiro, período de maior público da festividade.

O Carnaval 2017 em Corumbá e Ladário, contou com a presença de 25 mil a 30 mil foliões durante as noites de festejos.

Além dos atendimentos regulados pela Central de Operações do 3ºGBM, nos locais de prevenção, houve uma média de 24 atendimentos por dia, durante o período do carnaval 2017, sendo a maioria dos atendimentos caracterizados por agressão física a pessoas entre 18 e 30 anos e embriaguez . Foram atendidas 68 vítimas lesionadas, nenhuma vítima fatal, porém apenas aquelas que precisavam de um atendimento especializado foram encaminhadas ao Pronto Socorro Municipal.

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.