3°GBM Corumbá: Bombeiros capturam duas jiboias em campus da UFMS

Categoria: Geral | Publicado: terça-feira, janeiro 17, 2017 as 09:16 | Voltar

Bombeiros militar do 3°Grupamento, sediado em Corumbá, capturam duas cobras, jiboia, no campus da UFMS na manhã desta segunda feira (16/01).

Os ofídicos foram encontrados pelo funcionário da limpeza enquanto realizava a limpeza da vegetação, com uma roçadeira, aos fundos do imóvel, uma com aproximadamente um metro e a outra com quase um metro e meio.

Jiboia de um pouco mais de um metro e meio também foi capturada pela guarnição.

Jiboia de um pouco mais de um metro e meio também foi capturada pela guarnição.

O 3° Grupamento de Bombeiros Militar já é referencia na corporação CBMMS (Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul) quanto contenção, resgate e captura de animais, tendo militares capacitados em São Paulo pela Associação Mata Ciliar, é uma entidade sem fins lucrativos que desenvolve diversas ações para a conservação da biodiversidade. Nesta quinzena de janeiro já foram capturados onze animais silvestres, em sua maioria ofídicos.

As queimadas são parte das causas do aparecimento deles na área urbana, mas não o principal fator, a maioria das capturas de ofídicos realizadas pelo 3°GBM no perímetro urbano tem muito haver com o local, geralmente são encontradas em terrenos sem limpeza adequada, próximo de galinheiros, terrenos com muito entulho e lixo, propicio para presença de roedores e imóveis muito próximos da mata nativa, geralmente em bairros sem nenhuma estrutura urbanística.

Entre as capturas de animais silvestres mais frequentes realizadas pelo 3°GBM estão corujas, tamanduás e gambás.

Entre as capturas de animais silvestres mais frequentes realizadas pelo 3°GBM estão corujas, tamanduás e gambás.

Nesta quinzena de 2017 foram capturados onze animais, neste mesmo período de 2016 forma capturados vinte, e encerrou o ano de 2016 com 253 capturas e resgate de animais, aproximadamente 70% destas capturas são ofídicos, ao todo o 3°GBM encerrou o ano de 2016 com apenas dois registros de ataque de serpente a pessoa e este ano não foi registrada nenhuma ocorrência com ataque a pessoa.

A jiboia é uma cobra dócil, e não peçonhenta, porem sua mordida é dolorosa e pode ocasionar infecção. De todas formas nunca tente capturar ou manusear-la, o primeiro passo ao se deparar com um animal como este no perímetro urbano é manter a maior distancia possível, e ligar para o Corpo de Bombeiros Militar no 193, ou para a Policia Militar Ambiental de seu município.

Manter uma distância segura da serpente, geralmente elas atacam a uma distância de cerca da metade do comprimento de seu corpo, mas pode atacar em distâncias maiores, por isso a importância de manter distancia. Na maioria das vezes o animal se esconde, dificultando ainda mais sua captura pelos profissionais qualificados, quando o solicitante perde o contato visual.

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.