5° Subgrupamento de Bombeiros Militar Independente de Coxim, intensifica treinamento com cães de resgate da Unidade

Categoria: Geral | Publicado: sexta-feira, fevereiro 16, 2018 as 11:16 | Voltar

Coxim (MS) – O Comandante do 5º Subgrupamento de Bombeiros Militar Independente, Cap Fábio Pereira de Lima, cinotécnico (aquele que estuda a anatomia, comportamento, psicologia, etc, de raças caninas, que tem por objetivo o treino e a criação de cães), coordenador do Serviço de Busca e Resgate com Cães do CBMMS, intensificou nas últimas semanas, os treinamentos com os cães da Unidade.

Destaca-se que o 5º Subgrupamento de Bombeiros Militar Independente é o segundo quartel a possuir em sua estrutura um canil, cães e militares especializados que permitem a utilização dos animais nas atividades de busca e resgate nas matas, cerrados e regiões pantaneiras, permitindo a rápida localização da vítima devido alta sensibilidade do olfato do animal.

Atualmente o 5º SGBM/Ind, possui quatro cães, dois prontos para o trabalho, Duke da raça Pastor 

belga, e a Cindy da raça labrador e dois em treinamentos sendo o Pow da raça labrador e o Rescue da 

raça Rastreador Brasileiro (americano). Sendo que os Cães Duke e a Cindy,  possuem  Certificação Internacional de Cães de Resgate pelos seguintes Binômios (Cap Fábio com o Pastor Belga Duke e o Cb Luciclei com a Labrador Retriever Cindy), oferecido pela Organização Internacional de Cães de Resgate – IRO.

Os objetivos dos treinamentos são para manter os cães aptos para o trabalho bem como prepará-los para as provas de certificação de cães de resgate (nacional e internacional). Provas que atestam a capacidade dos cães para encontrarem vítimas, obedecerem a comandos de voz e gestos e demonstração de destreza em uma pista de obstáculos.

De acordo com o coordenador do serviço, Cap Fábio, o cão quando treinado de maneira correta pode ser o diferencial de uma operação de salvamento, principalmente quando a vítima precisa ser localizada rapidamente, pois, entre ela e o socorro se encontram toneladas de escombros. “A utilização desses animais em conjunto com militares ajuda a acelerar o processo de busca e garantir o sucesso das missões, uma vez que as atividades do Bombeiro Militar tornaram-se cada vez mais complexas devido ao aumento dos números de desastres”.

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.