Alunos da Academia de Bombeiros Militar doam ovos de páscoa para crianças em vulnerabilidade social

Categoria: Business Intelligence, Geral, Imagem: Patrulha News | Publicado: domingo, abril 12, 2020 as 17:59 | Voltar

Campo Grande (MS) - Os alunos dos cursos de formação de oficiais especialistas/saúde e de soldados do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul (CBMMS) doaram 30 ovos de chocolate para crianças e adolescentes em estado de vulnerabilidade social.

As entregas ocorreram na manhã desse sábado (11), nas instituições sociais ‘Casa da Criança Peniel’ e na ‘Unidade de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes – Unidade IV’.

Essa ação foi uma inciativa dos próprios alunos e executada sob a supervisão e apoio da Academia de Bombeiros Militar.

“O Corpo de Bombeiros Militar é uma instituição que sempre busca auxiliar a sociedade. Através de ações sociais como essa, espera-se o fortalecimento dos laços com a população e que, acima de tudo, o espírito de solidariedade esteja cada vez mais presente, nos movendo para o auxílio ao próximo”, destacou a comandante da Escola Superior de Bombeiros (ESBOM), a Tenente BM Janaíne Penteado Santana.

A Tenente ressaltou que devido o atual momento de pandemia mundial, causada pelo coronavírus (Covid-19), durante as entregas, os alunos da academia utilizaram máscaras de proteção e luvas. Além disso, o contato direto com as crianças e adolescentes foi evitado por medidas de segurança.

“Não pudemos dar um abraço em cada um deles, mas enfatizamos que o Corpo de Bombeiros Militar é parceiro das instituições e pretendemos elaborar outras atividades assim que possível”, disse a comandante.

Conheça mais as instituições:

Casa da Criança Peniel

(13 crianças acolhidas, de zero a 09 anos)

Instituição não governamental que há 26 anos acolhe crianças vítimas de violência em Campo Grande encaminhadas pelo Judiciário.

Essas crianças moram na casa enquanto aguardam a decisão judicial que irá encaminhá-las para sua própria família ou família substituta. O trabalho nessa instituição se limita em realizar as buscas por estas famílias e, ao mesmo tempo, trabalhar individualmente ou em grupo de irmãos para tentar de alguma maneira recupera-las dos traumas que motivou o acolhimento.

Presidente: Joelma Lucia Damasceno Fachini

Unidade de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes – Unidade IV

(17 acolhidos, de 12 a 18 anos)

Tem por objetivo receber, acolher e proteger de forma integral adolescentes do sexo masculino, de 12 anos a 18 anos, inclusive com deficiência, encaminhados pela Vara da Infância, Juventude e do Idoso e/ou Conselhos Tutelares, como medida de proteção em razão de situação de risco pessoal e social, e cujas famílias ou responsáveis encontrem-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função no cuidado e proteção.

Coordenador da unidade: Milton Emílio de Souza.

Publicado por: avasconcelos@sejusp

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.