Bombeiro Militar de Bataguassu retorna do curso de Tripulante Operacional em Brasília

Categoria: Geral | Publicado: quarta-feira, junho 14, 2017 as 13:11 | Voltar

Bataguassu (MS) – Após ter concluído o curso de Tripulante Operacional, o Soldado Jeferson Gomes de Oliveira, atualmente lotado no Corpo de Bombeiros Militar de Bataguassu, retornou, nesta segunda-feira (12), de Brasília-DF. O militar conseguiu concluir todas as etapas do curso e ficou classificado em terceiro lugar, destacando-se como melhor aluno vindo de outro estado. Sua formatura foi em 7 de junho, contando com onze formandos. Foram dois meses de duração, e, dentro deste período, houveram treze desistentes.

Divulgação

O curso teve início no dia 7 de abril, onde todos os candidatos aprovados nos testes físicos e intelectuais foram submetidos a instruções com intensas cargas de atividades, dentre elas alguns dias de sobrevivência com pouca comida e recursos. A formação dos alunos é composta de diversas disciplinas como sobrevivência, navegação terrestre e treinamento físico militar, no entanto, o destaque fica para as disciplinas específicas de operações aéreas que são em maior quantidade.

Divulgação

Os treinamentos realizados exigem dos alunos muita resistência física e psicológica, neles são testados seus medos e a sua coragem é colocada à prova. Isso é devido à necessidade de um tripulante operacional estar preparado para os mais difíceis resgates, sendo na água, na altura e até mesmo em cavernas. Também são realizadas provas e simulados de diversos tipos de salvamento, e nas etapas finais do curso os alunos realizam um simulado de evacuação em um prédio incendiado com o uso de uma aeronave.

Divulgação

O soldado Jeferson Gomes de Oliveira foi o único a ter a oportunidade de representar o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul neste curso, já que o Estado foi contemplado com apenas uma vaga. Foi realizada uma seletiva de caráter eliminatório e classificatório, onde os candidatos realizaram provas rigorosas nas áreas de salvamento aquático, altura e atendimento pré-hospitalar, ficando o militar classificado em primeiro lugar com uma média de 9,2 pontos.

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.