Bombeiros militares são agraciados em solenidade alusiva aos 182 anos de criação da PMMS

Categoria: Geral | Publicado: terça-feira, setembro 5, 2017 as 19:15 | Voltar

Campo Grande (MS) – Neste dia 5 de setembro, em comemoração aos 182 anos da Polícia Militar do Estado do Mato Grosso do Sul, o governador Reinaldo Azambuja entregou a Medalha do Mérito (mais alta comenda da Polícia Militar) e a Medalha da Insígnia do Mérito, a civis e militares do Estado. Durante a solenidade foram entregues ainda medalhas da Polícia Boliviana a autoridades brasileiras e também da Academia Sul Brasileira de Medalhística -ao secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa.

Do Corpo de Bombeiros Militar foram agraciados os seguintes militares:

MEDALHA DO MÉRITO ÀS AUTORIDADES CIVIS E MILITARES DE OUTRAS FORÇAS

 

RODINEI RIBEIRA CEBALLOS

CORONEL QOBM, CHEFE DO ESTADO MAIOR GERAL DO CBMMS
SÉRGIO CARLOS BARBOSA CORONEL QOBM,  DIRETOR DE ENSINO , INSTRUÇÃO, PESQUISA E EDUCAÇÃO DO CBMMS
LUIZ ANTONIO DE MELLO CORONEL QOBM, DIRETOR DE PESSOAL DO CBMMS

 

ROBINSON APARECIDO MOREIRA CORONEL QOBM, DIRETOR DE ATIVIDADES TÉCNICAS DO CBMMS
FLAVIO PEREIRA GUIMARÃES TENENTE CORONEL QOBM, COMANDANDE DO 2° GBM/DOURADOS –MS
ADRIANO NOLETO RAMPAZO TENENTE CORONEL QOBM, SUPERINTENDENTE DE PLANEJAMENTO, PROJETOS E AÇOES INTEGRADAS DAS POLITICAS DE SEGURANÇA PÚBLICA DA SEJUSP

 MEDALHA DA INSÍGNIA DO MÉRITO ÀS AUTORIDADES CIVIS E MILITARES DE OUTRAS FORÇAS

EDUARDO STEICA DA COSTA TENENTE CORONEL QOBM,  EX COMANDANTE DO 3° GBM DE CORUMBÁ/ MS
ARTEMISON MONTEIRO DE BARROS TENENTE CORONEL QOBM - CASA MILITAR DE MS
BRUNO SANTOS MOREIRA LEITE MAJOR QOBM,  COMANDANTE DO 13° SGBM DE MARACAJÚ/MS
ALDINEI PERES DA SILVA MAJOR QOBM, COMANDANTE DO 19º SGBM DE COSTA RICA/MS
HAMAD ALE AZIZ PEREIRA 2° TEN BM,  CHEFE DA B-4 DO 6º GBM DE CAMPO GRANDE/MS.
THEÓDULO DE PÁDUA MELLO SOBRINHO 1° SARGENTO BM,  COMANDANTE DE VIATURA DO 2° SGBM/6° GBM DE CAMPO GRANDE/MS.

 

Medalhas

As medalhas ou insígnias foram outorgadas pela primeira vez nas comemorações dos 147 anos de criação da Polícia Militar. Ao longo dos anos o Governo de MS segue homenageando civis e militares que têm contribuído com ações em prol da segurança pública e apoiado o trabalho da instituição.

Medalha do Mérito

Instituída em 1982, a mais alta honraria da PMMS destina-se a reconhecer àqueles que tenham prestado relevantes serviços, no que diz respeito ao aperfeiçoamento e projeção da corporação. Foram condecoradas ao todo 128 personalidades, entre 57 autoridades civis e militares de outras forças, entre elas: a primeira-dama do Estado, Fátima Azambuja; o general comandante-geral da Polícia Nacional da Bolívia, Abel Galo de La Barra Cáceres; o delegado da Receita Federal em Campo Grande, Edson Ishikawa; deputado federal Elizeu Dionízio; presidente do Hospital Santa Casa, Esacheu Cipriano Nascimento; reitor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems), Fábio Edir dos Santos Costa. Também recebem a honraria outros 71 militares estaduais da PMMS.

Insígnia do Mérito Policial Militar

A honraria é utilizada para agraciar pessoas que contribuíram com o desenvolvimento de ações em prol da segurança pública e apoiado o trabalho da corporação. Foram entregues 113 Medalhas da Insígnia do Mérito, sendo 22 para autoridades civis, 81 para militares da PMMS e 10 para militares de outras forças.

Polícia Boliviana

Na solenidade foram entregues as medalhas da Polícia Boliviana a autoridades brasileiras. O governador Reinaldo Azambuja foi agraciado com a “Condecoracion Caballero de la Orden”, honraria concedida pelo comandante-geral da Polícia Nacional da Bolívia, general Abel Galo de La Barra Cáceres. A condecoração foi destinada ainda à vice-governadora, Rose Modesto e ao secretário da Sejusp, José Carlos Barbosa. O comandante da PMMS, coronel Waldir Ribeiro Acosta e o subcomandante da Polícia Militar foram condecorados com a “Condecoracion Oficial de la Orden”, pelo titular da Polícia Boliviana.

As honrarias foram entregues pelo coronel da Polícia Nacional da Bolívia, José Mercado Alvarez, que veio ao Brasil representando o general Abel Galo de La Barra Cáceres devido a compromissos na República Popular da China..

Coronel da Polícia Nacional da Bolívia, José Mercado Alvarez, e o governador Reinaldo Azambuja sendo homenageado

Mato Grosso do Sul tem 730,8 quilômetros de fronteira seca – do total de 1500 quilômetros de fronteira com o Paraguai e com a Bolívia – que abrange, inclusive, extensa área rural. O Departamento de Operações de Fronteira (DOF) vem recebendo investimentos do governo e está presente em 51 municípios do Estado. Para o governador, essas ações demonstram a consolidação de um estado cada vez mais seguro.

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.