Corpo de Bombeiro Militar em Maracaju salva idoso em acidente com máquina policorte

Categoria: Imagem: Patrulha News | Publicado: sexta-feira, agosto 14, 2020 as 14:21 | Voltar

Maracaju (MS) - Desde os tempos mais remotos, ferramentas simples possibilitaram ao homem grandes avanços, como, por exemplo, o simples ato de friccionar duas pedras e propiciar fogo, no período mesolítico; assim como, também, a invenção da roda há mais de 5.500 anos. Até nos dias de hoje ferramentas simples nos propiciam grandes feitos, talvez, o maior deles, seja o de salvar vidas. Um equipamento de fabricação simples, que pode ser improvisado com materiais caseiros - o torniquete - usado de formas mais rudimentares desde os tempos do império romano e aperfeiçoado através do tempo, propicia uma sobrevida às vítimas de grandes hemorragias, fazendo cessar de forma rápida e eficiente grandes extravasamentos de sangue, levando se em conta o seu tempo aplicação para que não haja sequelas.

O uso deste instrumento, salvou a vida de um senhor de 69 anos que se cortou com uma máquina poli corte, na última quarta-feira, 12 de agosto. O idoso estava cortando madeira, quando se acidentou, fazendo um corte sobre o joelho direito. Por voltas 13 horas e 35 minutos o Corpo de Bombeiros em Maracaju, foi acionado para atender o fato. Com a guarnição composta pela Sargento Priscila, Cabo Altamiro e Soldado Muller, deslocou-se rapidamente ao local e realizou o procedimento da aplicação do torniquete, o qual possibilitou uma sobrevida à idoso.

"O procedimento realizado com torniquete, propiciou à vítima uma recuperação rápida, o qual teve alta no mesmo dia, isso porque o torniquete foi aplicado corretamente, tendo sucesso no estancamento da hemorragia. O procedimento adotado pela guarnição tem base no protocolo de Suporte de Vida Avançado ao Trauma que é recomendado para vítimas com este tipo de ferimento.’’ – Enfatizou o doutor Caio Fernando Cavanus Scheeren, médico que atendeu a vítima no Hospital Soriano Correa em Maracaju.

Publicado por: Renan Cesar Damascena Nogueira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.