Corpo de Bombeiros Militar alerta para o aumento de solicitações de atendimento de incêndio em vegetações urbanas na Capital

Categoria: Geral | Publicado: quarta-feira, junho 21, 2017 as 14:32 | Voltar

Campo Grande (MS) - Conforme relatório mensal do mês de maio, o Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), constatou aumento de 76,9% nas solicitações de atendimento de incêndio em vegetações urbanas em Campo Grande ao Corpo de Bombeiros Militar, comparados ao mês de abril de 2017. Os chamados aumentaram de 134 para 237.

O aumento de solicitações de atendimento de incêndio em vegetações urbanas na Capital pode estar relacionado às mudanças climáticas da região. Conforme o Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul (CEMTEC), durante o mês de maio, eram esperadas chuvas abaixo da média histórica em todas as regiões do Estado, o que resultaria na diminuição de temperatura e num ar mais seco. (http://www.cemtec.ms.gov.br/?p=1515)

Outro fator a influenciar o aumento desse tipo de solicitação, é a falta de conscientização da população que ainda utiliza o fogo para limpar terrenos. Para evitar incêndios em vegetações urbanas, o Corpo de Bombeiros Militar alerta:

  • O uso de fogo é crime previsto na Lei Nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, que dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências. No artigo 41, tipifica como crime o incêndio em mata ou floresta, com previsão de pena de reclusão, de dois a quatro anos, e multa e para queimadas urbanas na Lei Municipal 2.909/92, artigos 18, 76 e 77.
  • A limpeza dos terrenos deve ser regular e o material retirado deve ser levado para a lixeira pública e não deve ser queimado. Em tempos de seca, um fogo aparentemente pequeno, pode sair do controle.
  • Não jogue pontas de cigarro às margens de rodovias ou próximo a qualquer tipo de vegetação.
  • Não jogue lixo em lotes e vegetação. As latas de metal, os cacos e garrafas de vidro podem se aquecer ao sol e dar origem às queimadas.
  • Não solte balões. Além de perigoso, é crime, conforme a Lei Federal 9.605/98.
  • Em casos de ocorrência de fogo em terrenos sem autorização ambiental e com autor conhecido, o caso deve ser denunciado à Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista (DECAT), localizada na rua 7 de setembro nº 2421 – centro de Campo Grande, telefone 3325-2567.  Ou à Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (SEMADUR), localizada na rua Marechal Rondon nº 2655, centro de Campo Grande, através dos telefones 3314-9997 / 3314-3542.
  • Ao perceber um foco de incêndio se alastrando, ligue imediatamente para o Corpo de Bombeiros Miliar pelo número 193.

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.