Corpo de Bombeiros Militar em Ivinhema divulgam estatísticas de 2016

Categoria: Geral | Publicado: sexta-feira, janeiro 27, 2017 as 13:21 | Voltar

     O Corpo de Bombeiros Militar em Ivinhema divulgou o balanço anual das ocorrências atendidas pela instituição em 2016 na sua área de atuação. De acordo com os dados disponibilizados, foram atendidas 2.982 ocorrências pelos bombeiros de Ivinhema no ano passado, abrangendo as cidades de Ivinhema, Deodápolis, Novo Horizonte do Sul e Angélica, cidades que pertencem à área de atuação dos bombeiros.

     Essa quantidade de atendimento equivaleu a 6 intervenções dos bombeiros por dia no ano de 2016. As ocorrências são distribuídas em Atendimento Pré-hospitalar, Incêndio, Salvamento Terrestre e Aquático, Auxílio à Comunidade e Atividades Preventivas. De acordo com o Capitão Pablo, comandante dos bombeiros em Ivinhema, esses números refletem um aumento da demanda por serviços da Corporação. “A quantidade de trabalho está aumentando nos últimos anos e, claro, isso é consequência do aumento da população e do crescimento das cidades”, observa.

     Na área de combate a incêndio, cuja atuação se da tanto na área urbana como rural, foram atendidas 80 ocorrências distribuídas em incêndio em residências, em áreas de preservação ambiental, fazendas, terrenos baldios e nas margens de rodovia. Ocorrências relacionadas à salvamento terrestre e aquáticos foram um total de 27 (aqui entram atendimentos a afogamentos, busca de cadáver em meio aquoso, entre outros).      As ocorrências de atendimento pré-hospitalar registradas formaram um total de 841, como transporte de pessoas para unidades hospitalar, emergências clínicas, mal súbitos, entre outros. E ocorrências de auxílio à comunidade perfizeram um total de 218 atendimentos (que são as palestras feitas pelos bombeiros, prevenções em locais de reunião de público, como carnaval, festas, visitas, etc).

IMG_2104

     Dentro da área de prevenção, o serviço técnico da Corporação registrou um total de 1816 atendimentos, sendo 728 certificados on-line, 575 vistorias em comércios e indústrias, 200 certificados de vistoria emitidos presencialmente e 313 notificações técnicas.

     No total, 934 vítimas foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros Militar em Ivinhema e, destas, 15 vítimas eram vítimas fatais. O capitão Pablo orienta como fazer para esses números negativos diminuírem. “A estatística negativa pode ser diminuída com educação no trânsito, consciência ambiental e respeito à vida”, orienta.

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.