Corpo de Bombeiros militar recebe oito novas viaturas

Categoria: Geral | Publicado: quinta-feira, abril 14, 2016 as 14:51 | Voltar

Campo Grande (MS) - O Corpo de Bombeiros Militar do estado do Mato grosso do sul, recebeu do governo do Estado, oito novas viaturas UR (Unidades de Resgate): Veículo estes destinado ao atendimento de vitimas de acidentes que requeiram atendimento emergencial na fase pré-hospitalar. É dotada de equipamentos que permitem à tripulação de bombeiros (técnicos em emergências médicas) prestarem os socorros de suporte básico da vida, de forma a estabilizar, imobilizar e transportar adequadamente a vitima ao centro médico mais apropriado para a situação. Destas novas viaturas duas já foram entregues e na próxima semana deverão chegar as outras. “Estamos só aguardando a entrega pela empresa que ganhou a licitação” disse o governador. Deste total, seis veículos ficarão em Campo Grande e dois serão destinados ao interior do Estado.

“São unidades de resgate, adquiridas com recurso próprio e que ficarão à disposição dos Bombeiros. Várias outras que precisam de manutenção, nós já autorizamos a recuperação”, declarou o governador do estado Reinaldo Azambuja.

Foram adquiridas também seis viaturas ABR – (Auto Bomba Rápido): Este outro modelo do veículo possui cabine dupla e tanque com capacidade de água de 2000 litros, sendo um veículo ágil e que possibilita ainda o transporte vítimas.

viatura ABR

Outras quatro novas viaturas adquiridas foram as do tipo AS – (Auto Salvamento): Veículo adaptado para transportar embarcação, é utilizado para trabalhos de busca e salvamento e para realizar vistorias preventivas fiscalizadoras, em qualquer estabelecimento no município, quando houver risco iminente que afete a segurança.

viatura AS 2

O comandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Esli Ricardo de Lima completou que ainda estão negociando a compra de viatura com escada mecânica, para garantir o acesso dos militares aos prédios. “É uma demanda antiga da corporação que pede uma com escada de 60 metros”, disse o comandante geral da corporação.

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.