Guarnição que atua no Pantanal de Corumbá realiza manutenção no ninho do Tuiuiú

Categoria: Desataque, Geral | Publicado: terça-feira, maio 11, 2021 as 19:16 | Voltar

Como parte das ações de prevenção e preparação aos incêndios florestais de 2021, guarnições do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul têm realizado ações de conscientização e treinamento com a população rural e comunidades tradicionais no Pantanal de Corumbá para atuarem como brigadistas. Tem sido realizado também o levantamento logístico para acesso por terra a regiões isoladas e o monitoramento de áreas críticas.

Um ponto que ganhou especial atenção da guarnição comandada pelo ST Givanildo, do 2° SGBM, foi o ninho do Tuiuiú, ponto de parada obrigatória para quem passa pela BR-262. O ninho é tombado como patrimônio paisagístico de Corumbá e foi consumido pelas chamas nos incêndios que acometeram a região em setembro de 2020. Um novo ninho foi construído no local em outubro do mesmo ano em uma parceria da Fundação de Meio Ambiente do Pantanal, de Corumbá, Energisa, Embrapa Pantanal e Instituto Arara Azul.

 “É importante manter preservado esse patrimônio cultural, foi observado que o local estava bem sujo e o trabalho de confecção de aceiro desenvolvido pela guarnição tende a minimizar as chances de o ninho voltar a queimar.”, ressalta o ST Givanildo.

O Tuiuiú é a maior ave do Pantanal com capacidade de voar e é reconhecido por lei como a ave símbolo deste bioma. Chega a medir 1,60m de altura e 3 metros de envergadura e é conhecido por sempre voltar para o mesmo ninho para ter seus filhotes e aí permanecer até que eles possam voar.

Publicado por: jlucena@sejusp

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.