Militares da Corporação são homenageados com medalhas de Honrarias e Mérito

Categoria: Geral | Publicado: terça-feira, junho 19, 2018 as 09:08 | Voltar

Campo Grande (MS) -  O Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul, Coronel Joilson Alves do Amaral, juntamente com o Comandante de Bombeiros do Interior, Coronel Romero Inácio de Souza e o  1° Sargento Luis Alberto Mota foram homenageados com a Medalha Constitucionalista, oficializada pelo Decreto n° 29.896, de 10-05-1989, do Governo do Estado de São Paulo, Registrada no Livro n° 5.12.14, FLS. 0078, Conselho Estadual de Honrarias e Mérito, Casa Civil pela Sociedade Veteranos de 1932 M.M.D.C..

Medalha Constitucionalista

A “Medalha Constitucionalista”, foi criada com o fim de galardoar pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras, que por seus méritos e serviços relevantes prestados à São Paulo e ao culto da Revolução Constitucionalista de 1932, se tenham tornado pessoas dignas de distinção.

É uma comenda emérita significativa, pois, representa todo o processo de civismo e patriotismo, do sacrifício que muitos tiveram, inclusive pagando com o sangue de suas próprias vidas, para que consolidássemos o nosso Estado Democrático de Direito em nosso país, através da conquista da nossa CONSTITUIÇÃO que valida as garantias e direitos individuais à todo o povo brasileiro. Neste mister, há de se destacar o sacrifício heróico dos quatro jovens M.M.D.C. O nobre significado da sigla “MMDC”, deve-se às iniciais dos nomes dos quatro estudantes, Martins, Miragaia, Drausio e Camargo, que reivindicando para o povo brasileiro uma Constituição que visasse um Estado Democrático de Direito, no dia 23 de maio de 1932 na Praça da República – SP, acabaram por serem baleados por parte do governo ditatorial e faleceram. O sangue destes quatro heróis, culminou na guerra denominada “Revolução Constitucionalista de 32” e trouxe bons reflexos à toda nação, pois em data subseqüente (1934) o Governo promulgou uma Carta Constitucional assegurando direitos e garantias individuais a todos os brasileiros.

Digna-se constar, que a Lei Federal. nº 12.430, de 20 de junho de 2011 decretada pelo Congresso Nacional e sancionada pela presidenta Dilma Rousseff,  inscreveu os nomes dos heróis paulistas da Revolução Constitucionalista de 1932: Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo (MMDC), no Livro dos Heróis da Pátria.

A “Medalha Constitucionalista”, é portanto uma Comenda Emérita definitiva, pois perpetuará a gratidão e o reconhecimento, para todo o sempre, dos que cumpriram esta jornada cívica para com aqueles que, hoje e no futuro, continuarem abraçando os mesmos ideais de democracia, liberdade e amor à legalidade pelos quais se bateram os heróis e Veteranos de 32.

Além da Comenda acima destacada o Coronel QOBM Romero Inácio de Souza foi agraciado ainda com mais uma honraria onde o Presidente do Instituto dos Docentes do Magistério Militar de Pernambuco, IDMMPE, através de análise, decidiu, de acordo com o Estatuto e o Regimento Interno, conceder ao mesmo a Medalha Marechal Trompowsky.

A Medalha Marechal Trompowsky, concedida pelo IDMM, foi criada pelo Decreto n° 33.245, de 08 de julho de 1953, do Exmo Sr. Presidente da República, Getúlio Dorneles Vargas, para distinguir: “Cidadão brasileiro ou estrangeiro, ou Instituição que se tenha destacado em relevantes contribuições ao ensino nos Estabelecimentos de Ensino das Forças Armadas à Educação e à Cultura Nacional”.  A condecoração é reconhecida como de valor oficial e tem seu uso permitido com os uniformes militares (MMI, código 048). O proponente da honraria este Presidente. A proposta foi ratificada pelo Conselho Fiscal do IDMMPE.

Medalha Marechal Trompowsky

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.