O Corpo de Bombeiros Militar em Costa Rica realiza operação de resgate e combate a incêndio em terminal de trasbordo da empresa Cerradinho.

Categoria: Geral | Publicado: sexta-feira, maio 5, 2017 as 12:04 | Voltar

O Corpo de Bombeiros Militar em Costa Rica realizou na manhã desta quinta-feira (4), uma operação em caráter de simulação, com a finalidade de testar a estrutura do Plano de Ação Mútua de Emergência – PAME, no terminal de transbordo da Empresa Cerradinho, localizado próximo à rodovia MS 223 em Chapadão do Sul.

A formação do PAME contempla a participação das empresas: Odebrecht, Cerradinho, Iaco e dos Corpos de Bombeiros Militares em Costa Rica e Chapadão do Sul, que contam com uma estrutura básica composta de 20 caminhões bombeiros 15 mil litros cada, 9 carretas 35 mil litros cada, 5 ambulâncias, 2 caminhonetes, 5 motores estacionários e um total de 159 brigadistas.

Dos recursos materiais e humanos do PAME, foram mobilizados para a simulação: 50 integrantes entre bombeiros militares e brigadistas, além de 4 caminhões bombeiros, 2 carretas, 1 ambulância, 1 viatura de resgate e 1 viatura (camionetes) de apoio da Unidade de Bombeiros Militar em Chapadão do Sul, 1 Viatura de combate a incêndio e 2 viaturas (camionetes) de apoio da Unidade de Bombeiros Militar de Costa Rica.

A operação que teve início às 7h30min e foi encerrada às 12h, envolveu o salvamento de 2 vítimas de explosão que ficaram em suspensão inerte na plataforma de carregamento (simulação sem fogo real) e o combate a incêndio em 1 dos 4 tanques de etanol com capacidade de 1 milhão de litros cada.

O gerenciamento dos recursos materiais e humanos foi realizado a partir do Posto de Comando montado na guarita principal do complexo industrial do trasbordo, seguindo os preceitos estabelecidos pelo Sistema de Gerenciamento de Incidentes – SGI, adotado pela Corporação.

A dinâmica da operação, assim como os pontos positivos e negativos, observados durante o evento, irão compor um relatório detalhado a ser elaborado pelo Corpo de Bombeiros Militar em Costa Rica e terá a finalidade de subsidiar o planejamento de instruções futuras, além da correção dos problemas pontuados durante o evento.

Para os comandantes dos Corpos de Bombeiros Militares em Costa Rica e Chapadão do Sul, a experiência vivenciada, aponta para a necessidade de treinamentos sistematizados com relação a utilização da ferramenta de gerenciamento de incidentes SGI, considerado a importância quanto ao estabelecimento de um comando unificado durante situações de emergência, padronização de ações táticas e técnicas, nomenclaturas e comunicação integrada.

Vale salientar que o evento coincidiu com a realização das ações operacionais inerentes às Instruções de Tropa Pronta – ITP do 19º Subgrupamento de Bombeiros Militar previstas para o mês de maio de 2017. O que, também, irá acontecer de modo similar, no mês de novembro próximo, durante a realização de situação de emergência envolvendo a aplicação do método Start de atendimento a múltiplas vítimas. Evento já em fase de planejamento pelos Corpos de Bombeiros em Costa Rica e Chapadão do Sul em parceria com as empresas Odebrecht, Iaco e Cerradinho.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.