Principais ocorrências do 1º Subgrupamento de Bombeiros Militar em Aquidauana do fim de semana

Categoria: Geral | Publicado: segunda-feira, abril 18, 2016 as 11:31 | Voltar

Aquidauana (MS) - O 1º Subgrupamento de Bombeiros Militar Independente – Aquidauana/ Anastácio, atendeu entre os dias 15 e 18.04.2016, 31 (trinta e uma) ocorrências.
Das solicitações recebidas, destacamos os seguintes atendimentos:

16.04
Às 09h56 na Rua Duque de Caxias, Cidade Nova, em frente ao Mercado Gamarra, um acidente de trânsito mobilizou as guarnições de Salvamento e Resgate. F. R. G. R., 27 anos, condutor do Stilo/ Fiat, relatou haver ingerido bebida alcoólica, perdeu o controle do veículo e colidiu com o Ecosport FSL 1.6 Flex/Ford conduzido por P. R. G., que nada sofreu. O condutor do Stilo/ Fiat, relatava dor no tórax e dificuldade para respirar. Foi atendido no local e encaminhado imediatamente ao serviço médico. As demais vítimas estavam no Stilo/Fiat; T. R. G., 48 anos, relatava dificuldade para respirar e E. F. G., 46 anos, relatava dor na perna esquerda. Foram atendidas no local e encaminhadas ao P. S. Municipal.

Orientação: não conduza veículos automotores sob a influência de bebida alcoólica. O álcool altera a reação do indivíduo ao meio ambiente, impedindo uma resposta adequada para tentar evitar um acidente.
Em 2008 o Código de Trânsito Brasileiro sofreu alteração por meio da Lei 11.705 (popularmente conhecida por Lei Seca), que impôs penalidades mais severas ao condutor que dirigir sob a influência do álcool, em que qualquer quantidade de álcool detectável, sujeita o motorista a penalidades administrativas como multa, apreensão do veículo e suspensão do direito de dirigir por 12 (doze) meses. Aos que apresentam concentração de álcool igual ou superior a 0,6 g/l de sangue, podem ainda ser aplicadas as penalidades criminais. Atualmente o Brasil é um dos 25 países que estabeleceram tolerância zero ao consumo de álcool por motoristas e um dos 130 que utilizam o etilômetro (bafômetro) como forma de monitoramento.

Às 11h28 na Rua Estevão Alves Corrêa, Alto, em frente ao CEJAR, um acidente de trânsito mobilizou as guarnições de Salvamento e Resgate. M. G. R., 36 anos, condutor do Uno Mille Fire Flex/Fiat, e seu carona, T. de L. S., 22 anos, nada sofreram. Os ciclistas M. M. V., 16 anos, apresentava ferimento no braço esquerdo e L. da G. C., 16 anos, estava agitado, desorientado, com ferimento sobre o olho direito e na orelha direita. As duas vítimas foram atendidas no local e encaminhadas ao P. S. Municipal.

17.04
Às 07h09 na Avenida Pantaneta, próximo a ARPA, um acidente de trânsito mobilizou as guarnições de Salvamento e Resgate. L. B. L., 17 anos, estava agitada e agressiva. Foi imobilizada e encaminhada ao P. S. Municipal, onde continuou alterada, sendo necessário contê-la. A motocicleta da qual ela relatou ter caído, não estava mais no local.

Informação: conduzir veículo automotor sem habilitação ou licença para dirigir e se envolver em acidente de trânsito configura crime de acordo com o Art. 309 do CTB, com detenção de seis meses a um ano, ou multa.

Foram atendidas 12 (doze) emergências clínicas e 03 (três) acidentes de trânsito, entre outras ocorrências.

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.